Graça e Paz! Seja Bem Vindo!

Graça e Paz! Seja Bem Vindo!

Paginas

08 junho, 2017

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL - RESUMO (THEODORE AUSTIN-SPARKS)



Eu devo dizer aqui que eu tive um profundo exercício diante do Senhor essa manha, e senti que deveria colocar pra fora todas essas coisas, e livrar-me desse aglomerado de material, e perguntar ao Senhor agora, “O que é isso que o Senhor quer me dizer? O que o Senhor quer que essas pessoas saibam?” E aqui estão algumas das coisas que Ele tem definitivamente posto em meu coração para falar a vocês.

Admoestação concernente à tentativa de “montar a igreja” ou “praticar a Igreja”

“Tem uma coisa que eu e você devemos ser bem cuidadosos em evitar, e isso trata-se de resolver as coisas espirituais num sistema técnico, de ser levado pelas técnicas da casa de Deus. Esse é um grande perigo e eu quero enfatizar isso essa manha.  Aqui esta essa grande quantidade de material e detalhes todos juntos além da nossa capacidade de segurar. Se tivéssemos que resolver isso com um mero sistema técnico, nos poderíamos facilmente destruir a vida”. [...]
“Especialmente aqueles que têm responsabilidade esteja atento a esse perigo. Seria muito fácil para essa bela obra que Deus esta fazendo se tornar apenas um sistema técnico. Você pode ter todas as regras e todos os princípios e perder a vida. Estou quase claro que vocês me permitirão dizer isso para vocês. Esse é um perigo que eu tenho lutado por muitos anos. Esse tem sido meu alvo principal, tentar evitar isso. Nós não queremos ver pessoas saindo por ai dizendo “isso deve ser feito dessa maneira, é assim que eles fazem em Taipei e nessa outra cidade”. Espero que o Senhor nos livre disso. Você não pode simplesmente colocar as pessoas num sistema e fazê-las viver. Tenho quase certeza que vocês veem a importância disso”. [...]

A Casa de Deus e a Lei da Casa de Deus é Santidade - 13:29-18:29

“Ha uma lei na casa, Deus é bem particular em coisas pequenas. Cada pequena coisa tem sua própria medida; é uma medida que é dada por Deus. Você não tem permissão de fazer isso menor ou maior. Aquilo deve expressar exatamente a mente do Senhor”. [...]
“Na visão da Casa de Deus não é apresentado um sistema, Ele não estava apresentando uma organização, Ele estava apresentando uma pessoa; essa é a pessoa do Seu filho; essa é uma casa espiritual, não um sistema de verdade.” [...]
“A Lei dessa casa é santidade de vida”

A Casa de Deus, A Igreja e nossa percepção –

“Nós devemos ser muito cuidadosos para não tornar Cristo, ou Sua igreja, menor do ela realmente é. Nós não podemos tornar Cristo menor do que Deus o fez. Não podemos torná-Lo apenas o nosso Cristo, nosso pequeno Cristo, o Cristo que pertence a nos, O Cristo da nossa localidade. Temos que ser bastante cuidadosos para não tornar Cristo menor do que Deus o fez e não devemos fazer a igreja menor do que Deus a faz. Isso não é nossa pequena igreja, não é a pequena igreja de pessoa alguma. Isso é muito maior do que nossos pensamentos, vai muito além da nossa imaginação. Isso é um grandioso Cristo e uma grandiosa igreja. Aqui novamente devemos nos guardar contra os perigos: esse é o perigo sempre presente de reduzir o tamanho de Cristo e da Igreja.”

Primeiro aspecto da Casa de Deus – Gloria com santidade -

“O que traz valor é isso: que a real compreensão da igreja nos fará maior e não menores. Não tem nada que nos salvará mais ‘da pequenez’ do que a verdadeira compreensão de Cristo. Se nós nos tornamos pequenos ou se a obra se torna pequena em sua mente, então, não tem compreensão de Cristo”. [...]
“Primeiro de tudo, é o lugar da glória de Deus” [...]
“Essa casa é a casa da glória de Deus, e você nota que todos os setenta versículos lidos dizem que a glória é a glória de santidade, não é apenas algo resplandecente, é uma condição espiritual. Nenhuma mácula tem espaço aqui. Nenhum corpo morto tem espaço aqui. Não há morte ou corrupção aqui: a Glória é a Glória de santidade. Onde corrupção e morte foram removidas. Lembre-se que a Glória depende da condição espiritual... ela depende da santidade.”

Segundo aspecto da Casa de Deus – Governo e Liderança -

“Lembre-se que essa é uma casa celestial, a sede do seu governo não é uma igreja na terra, ainda que esteja em Roma ou qualquer outro lugar. A sede do Seu trono é no Céu.” [...]
“Nós realmente só estamos debaixo desse governo de Deus quando nós estamos numa posição celestial.” [...]
“Bem, o que nós temos no livro de Atos coloca isso claramente diante de nó. Lá a igreja está debaixo do governo dos céus e é uma igreja muito eficaz. Quando a igreja está debaixo do governo humano ela perde sua eficácia. O governo requer uma posição celestial”. [...]
“O governo dessa casa é o governo do Espírito Santo. O Espírito Santo usa os homens. Ele deverá escolher os que serão chamados presbíteros. Mas tem uma grande diferença entre oficial e espiritual. Você pode ser o que é chamado de presbítero oficialmente e não ser um espiritualmente. Se você é um presbítero espiritualmente, você será compelido a tornar-se oficialmente. Sua medida espiritual será reconhecida e, independentemente de você ser feito um ancião ou não, você será um espiritualmente. O governo, eu estou dizendo, é espiritual. Os homens no Novo Testamento foram descritos como homens cheios do Espírito Santo. Eles eram os apóstolos, eles eram os anciãos, eles eram os diáconos. Há uma coisa que os fez ser o que eram: Homens cheios do Espírito Santo.”

Terceiro Aspecto da Casa de Deus – Testemunho de Vida -

“Essa casa é um canal ou um vaso da vida de Deus. De uma casa como essa flui vida; é a partir disso que a vida flui. Você não tem que começar o fluir de vida, você não tem que fazer essa vida; essa vida vem do manancial. Você não coleta baldes de água e depois tenta jogar pra fora dessa casa. Não tem nada artificial nisso, não tem nada de segunda-mão, não tem nada de coisas feitas por homem nisso.” [...]
“Uma casa onde o Senhor está, a partir daquela casa a vida flui. O testemunho por si só esta naquela vida. João falou, “esse é o testemunho”. Você quer saber o que é o testemunho? O testemunho não é um sistema de doutrinas ou ensinamento. O testemunho não é uma técnica. “Esse é o testemunho que Deus nos deu: a vida eternal, e essa vida está em Seu filho”. O testemunho está na vida e quando o testemunho está em nós, quando a vida está em nós, o testemunho está em nós.” [...]

Theodore Austin-Sparks

Nenhum comentário: